Arquivo da tag: g1

G1: “Brics divulga ‘Declaração de Brasília’, documento final da cúpula do grupo; leia a íntegra”

Líderes de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul participaram em Brasília da 11ª Cúpula do Brics com o tema 'Brics: crescimento econômico para um futuro inovador'. Acesso em: 14 nov 2019.

Poucas medidas concretas, mais mais (sic) do mesmo e zero notação sobre os distúrbios recentes, na América Latina. Em suma:

  • Fortalecimento do banco dos BRICS e abertura de sucursais regionais;
  • Fortalecimento de fundo monetário cotizado;
  • Pró-FMI e pró-OMC;
  • Reforma da ONU;
  • Criação da Aliança Empresarial de Mulheres do BRICS;
  • Pró-sustentabilidade econômico-sócio-ambiental;
  • Pró-redução de carbono (Protocolo de Kyoto);
  • Implementação de sistema satelital dos BRICs;
  • Cooperação e intercâmbio em saúde, cultura, Direito, ciência e tecnologia e pagadoria;
  • Anti-armamentismo espacial;
  • Pró-liberalismo;
  • Anti-corrupção;
  • Anti-terrorismo; e
  • Paz na Síria, no Iêmen, dentre Palestina e Israel, dentre as Coreias, no Golfo.

G1: “Crise levou 4,5 milhões a mais à extrema pobreza e fez desigualdade atingir nível recorde no Brasil, diz IBGE”

País chegou a 2018 com 13,5 milhões de pessoas em extrema pobreza, contingente maior que toda a população de países como Bélgica e Portugal. Metade vive no Nordeste.

Subsistem com até R$146,00 por mês. Miséria é mais de pretos, pardos e nordestinos. Já são mais do que a população de Portugal, Grécia ou Bélgica inteira, por exemplo. Índice de Gini saiu de .524 (2015) para .545 (2018). Maior parte da renda de miseráveis vem de pensões e ajudas familiares. Segundo IBGE, bastaria 1 bilhão de reais do orçamento para esta situação se subverter. Isso daria uma ajuda de custo de apenas R$76,00 por mês, para cada ser humano na extrema pobreza, no país.